Abono do PIS: Valor sobe para até R$1.100,00; veja se você tem direito

Abono do PIS: Valor sobe para até R$1.100,00; veja se você tem direito

A Caixa Econômica Federal atualizou o valor do abono do PIS/Pasep, de até R$ 1.045 para até R$ 1.100. O aumento acompanha o salário mínimo, que subiu de R$ 1.045 para R$ 1.100 em 1º de janeiro.
 
O pagamento do abono do PIS é para quem trabalhou com carteira assinada ou como funcionário público em 2019. Para ter direito, é preciso preencher alguns requisitos, como ter recebido em média até dois salários mínimos por mês.
 
O calendário de pagamento segue o mês de nascimento do trabalhador, no caso do setor privado, ou o número final da inscrição, no caso de funcionários públicos.
 
Quem nasceu de julho a dezembro ou tem número final de inscrição de 0 a 4 já teve o valor liberado no ano passado. Quem nasceu de janeiro a junho ou tem final da inscrição entre 5 e 9 terá o valor liberado neste ano.
 
Em todos os casos, o dinheiro fica disponível até 30 de junho de 2021. Todos os que sacarem o dinheiro a partir de 5 de janeiro deste ano receberão o novo valor, de até R$ 1.100. Isso vale tanto para quem ainda não teve o saque liberado quanto para quem teve o saque liberado, mas não retirou o dinheiro.
 

Como é feito o pagamento do abono do PIS?

Desde dezembro passado, a Caixa começou a pagar o abono para quem não é correntista por meio do aplicativo Caixa Tem, o mesmo utilizado para recebimento do auxílio emergencial. Pelo app, é possível pagar boletos, fazer transferências e compras com cartão virtual.

Quanto é pago?

O valor pago é de até um salário mínimo (R$ 1.100, em 2021) e varia de acordo com o tempo que a pessoa trabalhou.

Se trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do salário mínimo. No valor atualizado em 2021, R$ 92.

Os pagamentos deste calendário vão até 30 de junho de 2021.

O cronograma segue conforme o mês de nascimento para empregados da iniciativa privada (PIS) e o número de inscrição do Pasep para funcionários públicos — veja calendário abaixo:

Calendário para empregado em empresa privada

 
 
 
Final da inscrição Recebem a partir de Recebem até
0 16/7/2020 30/6/2021
1 18/8/2020 30/6/2021
2 15/9/2020 30/6/2021
3 14/10/2020 30/6/2021
4 17/11/2020 30/6/2021
5 19/1/2021 30/6/2021
6 e 7 11/2/2021 30/6/2021
8 e 9 17/3/2021 30/6/2021
 

Quem tem direito a sacar o abono do PIS?

Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2019 e:

  • Ganhou, no máximo, dois salários mínimos por mês, em média
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos
  • É preciso que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo.

Como saber se tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras:

PIS (trabalhador de empresa privada):

  • No Aplicativo Caixa Trabalhador
  • No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público):

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).
Enfim, este conteúdo foi relevante para você? Então, compartilhe com seus amigos!
 

Fideliza Empréstimos

(18) 3222-1370 / 9 9618-0830

Fonte: Uol

Deixe um comentário