Caixa Tem, usado no auxílio, libera nova atualização, mas é opcional

Caixa Tem, usado no auxílio, libera nova atualização, mas é opcional

A Caixa Econômica Federal iniciará nesta sexta-feira (26) a atualização de dados cadastrais no aplicativo Caixa Tem para quem nasceu em setembro. O app foi usado em 2020 por milhões de brasileiros para receber o auxílio emergencial e deve ser usado novamente este ano. Segundo a Caixa, a atualização não é obrigatória —quem tiver direito ao auxílio ou a outro benefício social vai recebê-lo mesmo se não tiver feito o procedimento.

As regras do auxílio em 2021, com valor menor e para menos pessoas, foram divulgadas na semana passada. 

A atualização dos dados acontece de forma escalonada, e o calendário segue o mês de nascimento dos clientes. O calendário vai até o dia 31 deste mês (quando poderá atualizar os dados quem nasceu em dezembro). Veja todas as datas mais abaixo neste texto.

Além de ter sido usado para o auxílio emergencial, o app Caixa Tem também serviu para outros pagamentos do governo: o BEm (Benefício Emergencial, pago a quem teve o salário reduzido), o abono salarial do PIS e o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Também é usado para movimentar as poupanças digitais gratuitas criadas por lei para o pagamento de benefícios sociais. Desde novembro, beneficiários do Bolsa Família também recebem o depósito na poupança digital.

Não será preciso ir até uma agência para atualizar o cadastro. Segundo o banco, todo o processo poderá ser feito pelo celular.

Veja o calendário completo abaixo

Calendário de atualização do Caixa Tem

Nascidos em Devem atualizar dia
Janeiro 14 de março
Fevereiro 16 de março
Março 18 de março
Abril 20 de março
Maio 22 de março
Junho 23 de março
Julho 24 de março
Agosto 25 de março
Setembro 26 de março
Outubro 29 de março
Novembro 30 de março
Dezembro 31 de março

Atualização pede renda, patrimônio e fotos

Na prática, a atualização faz o usuário aderir a uma poupança digital diferente, que recebeu o nome de “Cliente Top”. O usuário é obrigado a concordar com um termo de contrato antes de iniciar a atualização.

A Caixa ainda não divulgou quais serão os serviços oferecidos ao “Cliente Top” —o site do banco sequer menciona essa modalidade. Mas o UOL apurou que o foco será em microcrédito e seguros voltados ao público de baixa renda.

Na atualização, após declarar que concorda com os termos de adesão e assinalar a opção “Quero ser um Cliente Top”, o usuário precisa informar dados geralmente solicitados por bancos para oferecer linhas de crédito, como:

  • Nacionalidade
  • Endereço
  • Se trabalha e se tem carteira assinada
  • Renda mensal
  • Profissão
  • Patrimônio

Depois de confirmar os dados, o cliente precisa ainda enviar duas fotos. A primeira é de um documento de identificação (RG ou CNH). A segunda, uma “selfie” (foto do próprio rosto) em que a pessoa esteja ao lado do documento da foto anterior.

Como atualizar

O usuário deve clicar em “Atualize seu cadastro” no aplicativo e enviar a documentação solicitada.

Enfim, este conteúdo foi relevante para você? Então, compartilhe com seus amigos!

Fideliza Empréstimos

(18) 3222-1370 / 9 9618-0830

Fonte: Uol

Deixe um comentário